A Pedagogia Griô propõe o diálogo entre a tradição oral e a educação formal, colocando a identidade e a ancestralidade no centro da roda e a cultura como estruturante para a educação. Uma pedagogia que reconhece o lugar social, político e econômico dos mestres griôs na educação, e integra comunidade e escola, todas as idades e raízes étnico-raciais. Foi criada em 2001, por Lillian Pacheco e Marcio Caires, a partir do trabalho do Ponto de Cultura Grãos de Luz e Griô (Lençóis – BA), com grupos de aprendizes na Bahia, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. O formando da Pedagogia Griô pode atuar como griô aprendiz ou como educador griô, aplicando as metodologias e vivências em grupos, comunidades e projetos, como foco na produção compartilhada do conhecimento.

 

INSCREVA-SE